Cravina (Dianthus chinensis): uma flor delicada e colorida para cultivar e embelezar o jardim

Escrito por:
Cravina (Dianthus chinensis): uma flor delicada e colorida para cultivar e embelezar o jardim

A Cravina, cientificamente conhecida como Dianthus chinensis, é originária da China e pertence à família das Caryophyllaceae, a mesma do cravo e da cravina-de-jardim. Ela é muito apreciada pela sua beleza e variedade de cores, que podem ser brancas, rosas, vermelhas, roxas ou mescladas.

Anúncios

Vamos explorar detalhes sobre suas características, época de floração e como cultivar essa preciosidade nos nossos jardins.
Imagem: adoroplantas

Características da cravina

Também é conhecida por outros nomes populares, como cravo-chinês, cravo-anão, cravo-de-defunto e cravo-turco., a cravina é uma planta herbácea, perene e de porte baixo, que pode atingir até 40 cm de altura.

cravina
Imagem: the__also_ran

As suas folhas são estreitas, verdes e com bordas serrilhadas. Já suas flores são solitárias ou agrupadas em inflorescências terminais, com pétalas recortadas e perfumadas.

Anúncios

Como cultivar Cravina?

Com um cultivo relativamente simples, ela oferece um espetáculo de cores vibrantes durante a primavera e o verão, trazendo alegria e vivacidade aos espaços externos.

Luz

A cravina gosta de sol pleno ou meia-sombra, mas não tolera o sol forte do meio-dia. Por isso, escolha um local em que ela receba pelo menos 4 horas de luz solar direta por dia.

Anúncios

Rega

Cuide para que sua cravina se desenvolva em substrato úmido, mas não encharcado. As regas devem ser feitas regularmente, mas sem excesso, para evitar o apodrecimento das raízes. No verão, regue-a duas vezes por semana; no inverno, uma vez por semana ou a cada 15 dias.

Anúncios

Substrato e adubação

Opte pelo uso de um substrato leve, fértil, bem drenado e rico em matéria orgânica. Você pode usar uma mistura de terra vegetal, areia e húmus de minhoca na proporção de 2:1:1.

cravina
Imagem: just_clicknow 

Quanto a adubação, você pode realiza-la mensalmente com um fertilizante mineral ou orgânico, seguindo as instruções do fabricante. Evite adubos ricos em nitrogênio, pois eles estimulam o crescimento das folhas em detrimento das flores.

Veja Também