Lírio amarelo (Hemerocallis flava): significado, características e cuidados para o cultivo.

Escrito por:
Lírio amarelo (Hemerocallis flava): significado, características e cuidados para o cultivo.

O lírio amarelo, de nome científico Hemerocallis flava, é uma planta herbácea, perene e rizomatosa, originário da Europa e da Ásia, onde cresce em campos, prados e bosques.

Anúncios

Ele pertence à família Xanthorrhoeaceae e dependendo da região pode ser conhecido como lírio-de-um-dia, lírio-das-campinas, lírio-dos-prados, lírio-dourado, entre outros nomes populares. Neste artigo, vamos explorar suas características, significado e cuidados essenciais para cultivar e fazer sua multiplicação.
Imagem: landscape_archs_plants

Características

O lírio amarelo se destaca pela sua beleza e perfume, podendo ser cultivado tanto em vasos como em canteiros de flores, formando maciços, bordaduras ou arranjos florais.

Lírio amarelo (Hemerocallis flava)
Imagem: rafida11

Suas flores são grandes, de forma estrelada, com seis pétalas e uma cor amarela intensa, que surgem na primavera e no verão, em hastes eretas que podem alcançar até 1 metro de altura.

Lírio amarelo: siginificado

O lírio amarelo é uma flor que simboliza a alegria, a felicidade, a amizade e a gratidão. Aliás, esse simbolismo por trás da flor, faz ele ser uma ótima opção para presentear pessoas queridas, demonstrando o seu carinho, o seu reconhecimento e o seu desejo de bem-estar.

Anúncios

Lírio amarelo: como cuidar?

O lírio amarelo é uma planta de fácil cultivo, que requer poucos cuidados, já que se adapta bem a diferentes climas e substratos.

1- Exposição ao sol

Escolha um ambiente para cultivar o lírio amarelo que seja bem iluminado, onde ele possa receber a luz do sol plena ou de meia-sombra, para favorecer o seu crescimento e floração. O ideal, é que a planta receba pelo menos seis horas de sol direto por dia, de preferência pela manhã ou à tarde.

Lírio amarelo (Hemerocallis flava)
Imagem: rafida11

Contudo, é importante evitar expor o lírio amarelo ao sol do meio-dia, quando ele está mais forte, pois o sol forte pode queimar suas folhas e suas flores delicadas.

2- Substrato

O recomendado, é fazer o uso de um substrato que seja leve, arejado e nutritivo, para que as suas raízes possam se desenvolver bem e absorver a água e os nutrientes necessários.

Anúncios

Você pode usar uma mistura de terra vegetal, areia e húmus de minhoca, na proporção de 2:1:1, ou comprar um substrato pronto para plantas ornamentais. Além disso, é importante que o substrato seja trocado a cada dois anos, ou quando estiver muito compactado ou pobre em matéria orgânica.

3- Frequência das regas

Para florescer vigorosamente, o lírio amarelo precisa de regas regulares e moderadas, apenas para manter o substrato úmido, mas não encharcado. A frequência das regas depende do clima, da estação do ano, da exposição ao sol e do tipo de substrato. Em geral, é recomendado regar o lírio amarelo duas vezes por semana, no verão, e uma vez por semana, no inverno.

Anúncios

Carol castro, jardineira do canal minhas plantas, indica que a ferramenta mais eficiente para saber o momemento exato da rega é usar o “dedômetro”. “Coloque a ponta do dedo em contato com o substrato. Se saiu sujo, o arranjo pode ficar mais um dia sem rega. Se a ponta do dedo saiu limpa, é hora de colocar água”, explica Carol.

4- Adubação

A adubação deve ser realizada periodicamente, para fornecer os nutrientes necessários para o seu crescimento e floração. Nesse caso, recomenda-se aplicar um adubo orgânico, como esterco ou composto, a cada três meses, na superfície do solo, ao redor dos rizomas.

Anúncios

Além disso, também é possível usar um adubo químico, como NPK 10-10-10, seguindo as instruções do fabricante. Como recomendação, a adubação deve ser feita preferencialmente no início da primavera e no final do verão, antes e depois da floração.

5- Poda

Embora não necessite de podas frequentes, é aconselhável remover as flores murchas e as folhas secas, para manter a planta limpa e evitar o desperdício de energia.

Além disso, após a floração, também é recomendado cortar as hastes florais rentes ao solo, para que os rizomas possam se recuperar e se preparar para o próximo ciclo.

Anúncios

Perguntas frequentes sobre o Lírio amarelo

1. Como devo regar o Lírio Amarelo?
Regue o Lírio Amarelo regularmente, mantendo o solo levemente úmido, mas evitando o encharcamento. Durante períodos de calor intenso, regue mais frequentemente para evitar que o solo seque completamente.

2. O Lírio Amarelo é resistente a pragas e doenças?
Sim, geralmente ele é resistente a pragas e doenças, mas pode ser suscetível a ataques de pulgões e ácaros. Monitorize a planta regularmente e tome medidas para controlar infestações, se necessário.

3. Qual é a melhor época para fertilizar?
A melhor época para fazer sua fertilização é na primavera, antes do início do período de crescimento ativo, e novamente no início do verão. Use um fertilizante equilibrado e siga as instruções de aplicação do fabricante.

Anúncios

4. O Lírio Amarelo pode ser cultivado em vasos?
Sim, ele pode ser cultivado em vasos, desde que o recipiente ofereça espaço suficiente para o desenvolvimento das raízes. Certifique-se de usar um solo bem drenado e regar regularmente para garantir condições ideais de crescimento.

5. Quando devo dividir os rizomas do Lírio Amarelo?
Divida os rizomas do Lírio Amarelo a cada dois a três anos, preferencialmente na primavera ou no outono. Isso ajuda a rejuvenescer a planta e estimula uma floração mais vigorosa.

Publicidade relacionada

Veja Também