Lisimaquia: uma planta rasteira, delicada e versátil

Escrito por:

A Lisimaquia, conhecida por suas folhas vibrantes e flores deslumbrantes, é verdadeiramente uma joia no mundo das plantas.

Anúncios

A espécie é uma planta que pertence à família das primulaceae e ao gênero das lysimachia, que possui diversas espécies e variedades. Uma das mais usadas no paisagismo é a Lysimachia congestiflora, que se destaca pela sua beleza e rusticidade.

Características da Lisimaquia

A lisimaquia é uma planta rasteira, que atinge no máximo 10 centímetros de altura, e se espalha facilmente pelo solo, formando um tapete verde.

LISIMAQUIA

Suas folhas são ovaladas, de cor verde escura, e algumas variedades apresentam variegações de amarelo e branco, ou folhas e pecíolos avermelhados. As flores são pequenas, de cor amarela, com cinco pétalas e muito delicadas.

Anúncios

Época de floração

A magia da Lisimaquia atinge seu ápice durante a primavera e o verão. É nesse período que suas flores resplandecentes se abrem para saudar a temporada de crescimento.

LISIMAQUIA

Se você busca um jardim vibrante e cheio de vida, a Lisimaquia é a escolha perfeita para iluminar seus dias ensolarados.

É versátil

A lisimaquia é uma planta muito versátil, que pode ser cultivada em vasos, canteiros de flores ou cestas pendentes, valorizando a sua folhagem pendente e as suas belas flores.

Anúncios

Também é uma excelente opção para forração de áreas sob meia-sombra, acrescentando uma textura delicada à paisagem.

Como cultivar a lisimaquia?

Local de cultivo

A Lisimaquia deve ser cultivada em um ambiente onde possa receber a luz direta do sol, mas também se dá bem em áreas parcialmente sombreadas.

Caso seja cultivada em um ambiente de meia-sombra, deve receber o sol da manhã e estar em um local arejado.

Solo

O solo ideal para a lisimaquia deve ser bem fértil e com bom teor de matéria orgânica. Além disso, ele ter uma boa drenagem, para evitar o encharcamento e o apodrecimento das raízes.

Anúncios

Se for cultivar a planta em vaso, use um substrato composto por terra vegetal e húmus de minhoca, e adicione um pouco de areia grossa e terra de jardim para melhorar a drenagem.

Rega

Mantenha o solo levemente úmido, regando a Lisimaquia de acordo com a necessidade. Evite o excesso de água, pois o solo encharcado pode prejudicar o desenvolvimento das raízes.

Anúncios

No verão, as regas devem ser mais frequentes, podendo ser diárias se o cultivo for em vaso. No inverno, as regas devem ser reduzidas, podendo ser a cada três ou quatro dias.

Adubação

A adubação da lisimaquia deve ser feita periodicamente, para garantir uma floração abundante e uma folhagem saudável. Use um adubo orgânico ou mineral, rico em fósforo e potássio, seguindo as instruções do fabricante. Aplique o adubo na superfície do solo ou do substrato, evitando o contato direto com as raízes.

Anúncios

Propagação

A propagação da lisimaquia pode ser feita por sementes ou estacas. As sementes devem ser semeadas em um recipiente com substrato úmido e mantidas em um local iluminado e protegido até germinarem. As estacas devem ser retiradas de ramos saudáveis e enraizadas em água ou substrato úmido.

Veja Também