Planta carnívora dioneia (Dionaea muscipula): características +3 cuidados para o cultivo.

Escrito por:
Planta carnívora dioneia (Dionaea muscipula): características +3 cuidados para o cultivo.

Nativa dos Estados Unidos e América do Norte, a planta carnívora dioneia, de nome científico Dionaea muscipula, é uma espécie de planta carnívora muito popular no Brasil. Inclusive, geralmente acabe sendo uma das plantas mais escolhidas por quem não possui muito espaço em casa, assim como as suculentas pendentes.

Anúncios

Conhecida como Vênus-caça-moscas, a Dionaea muscipula se caracteriza pelo tipo de armadilha que desenvolve, sendo capaz de realizar o movimento de abre e fecha da sua “mandibula”.
Imagem: mypersonalbog

Características da planta carnívora dioneia

A planta carnívora dioneia se caracteriza por seu formato de roseta, com um rizoma que fica enterrado e desenvolve suas folhas armadilhas, que podem variar entre 6 a 10 armadilhas.

planta carnivora dioneia

Imagem: carnivorous.experimentus

Sua cor normalmente se predomina em um tom verde, podendo desenvolver uma coloração avermelhada no interior de suas armadilhas.

Anúncios

Como cultivar a planta carnívora dioneia?

Muito indicada para iniciantes na jardinagem e para quem não possui de muito espaço para o cultivo de plantas maiores, a planta carnívora dioneia necessita de alguns cuidados para se desenvolver.

Anúncios

A florista Flávia Kremmer, cita alguns cuidados fundamentais para que a sua Dionaea muscipula consiga crescer da forma correta.

1- Exposição a luz do sol

Segundo a florista, é muito comum que recomendem cultivar a planta carnívora dioneia em um ambiente iluminado. Contudo, é importante não manter a espécie em um ambiente de meia-sombra. Flávia Kremmer reforça que ela deve ser cultivada em um ambiente onde possa receber a luz plena do sol por pelo menos 6 horas ao dia.

planta carnívora dioneia

Imagem: travs_venusflytraps

Inclusive, a exposição da Dioneia a luz direta do sol, favorece ao desenvolvimento da coloração avermelhada que ela desenvolve no interior de suas folhas armadilhas. Entretanto, ao adquirir um vaso com a planta, ela recomenda ir acostumando aos poucos, aumentando aos poucos o tempo de exposição ao sol.

Anúncios

2- Substrato

Como indicação, poderá estar sendo utilizado um substrato composto por musgo spagnum puro ou misturado coma uma pequena porção de perlita expandida. Aliás, cuide para não usar substratos adubados ou terra vegetal pura.

Anúncios

3- Regas

Como são plantas nativas de regiões pantanosas, o ideal é que o substrato se mantenha sempre úmido. Como a planta carnívora ficará mais tempo exposta a luz direta do sol, fique sempre de olho e molhe o substrato sempre que for necessário.

Publicidade relacionada

Veja Também