Rosa do deserto: uma planta exótica e bela.

Escrito por:
Rosa do deserto: uma planta exótica e bela.

Você já ouviu falar da rosa do deserto? Essa planta, que tem o nome científico de Adenium obesum, é originária da África e da Arábia, onde cresce em regiões áridas e rochosas.

Anúncios

Ela se adapta bem ao clima tropical e subtropical, e pode ser cultivada em vasos, jardins ou varandas.
Imagem: rosas_dodesertoofc

Características da Rosa do deserto

A rosa do deserto tem um aspecto peculiar, com um caule grosso e suculento, que armazena água e nutrientes, e folhas verdes e brilhantes.

Rosa do deserto
Imagem: rosas_dodesertoguia
Variedades das flores da suculenta Adenium obesum

Mas o que chama mais a atenção são as suas flores, que podem ter diversas cores e formas, desde o branco até o vermelho escuro, passando pelo rosa, amarelo e lilás. As flores costumam aparecer na primavera e no verão, mas em alguns casos podem se estender até o outono.

Anúncios

Como cuidar da Rosa do deserto?

Para cultivar a rosa do deserto em casa, você vai precisar de alguns cuidados especiais. Veja a seguir um guia prático para ter uma planta saudável e bonita

1- Cuidados com a escolha do vaso

Escolha um vaso de cerâmica ou barro, com furos na parte inferior, para facilitar a drenagem da água. O vaso deve ter um tamanho proporcional ao da planta, nem muito grande nem muito pequeno.

Anúncios

2- Exposição ao sol

rosa do deserto 2
Imagem: rosas_dodesertoguia

Coloque o vaso em um local bem iluminado e ventilado, onde a planta receba pelo menos quatro horas de sol direto por dia. A rosa do deserto gosta de calor e luminosidade, mas não de vento forte ou frio intenso.

3- Frequência das regas

Regue a planta com moderação, apenas quando o substrato estiver seco. Evite encharcar o solo ou deixar água acumulada no prato do vaso. A rosa do deserto é resistente à seca, mas não tolera o excesso de umidade.

Anúncios

4- Adubação

Use um substrato leve e arenoso, que permita a aeração das raízes. Você pode misturar areia, cascalho, perlita e terra vegetal, ou comprar um substrato pronto para cactos e suculentas.

5- Podas

Pode a planta ocasionalmente, para remover as folhas secas ou danificadas, e para dar uma forma mais harmoniosa ao caule. Você também pode fazer podas mais drásticas para estimular o crescimento de novos ramos e flores.

Anúncios

Nesse caso, faça os cortes com uma tesoura afiada e limpa, e aplique um produto cicatrizante nas feridas.

Doenças e pragas

Proteja a planta de pragas e doenças, como cochonilhas, pulgões, fungos e bactérias. Você pode usar inseticidas ou fungicidas naturais ou químicos, sempre com cuidado e seguindo as recomendações do rótulo. Se a planta apresentar sintomas graves de infestação ou infecção, isole-a das demais e procure ajuda especializada.

Publicidade relacionada

Veja Também

8 Comentários

  • Alcino Santos 10 de março de 2023 20:29

    Boas informações.

  • Rosalina 24 de julho de 2023 19:42

    Tenho uma rosa do deserto… cresceu e está cheia de grupos de botões de flores mas não abrem…. Continua crescendo e dando cachos de botões mas não desenvolvem… o que faço??

    • José 1 de setembro de 2023 20:03

      Precisa adubar a terra. Caso não tenha feito.

  • Patrícia Granello 29 de agosto de 2023 11:17

    Bom dia!
    A Rosa do Deserto pode tomar chuva.
    Eu sou de São João da Boa Vista, é uma cidade quente.
    Mas quando chove ,minhas suculentas tomam chuva,tenho medo que apodrecem.

    • Mel maria 29 de agosto de 2023 11:33

      Bom dia,
      Depende um pouco da frequência de chuvas na região.
      Ela é tolerante as chuvas, mas pode ir perdendo rapidamente os nutrientes presentes no substrato caso a chuva seja recorrente.

      • Edja 31 de agosto de 2023 21:45

        A minha nunca botou rosa.O que será?

  • Eva Helena da Costa 29 de agosto de 2023 12:19

    Minha flor do deserto, não está bem. Tô 😢.

  • Monica 29 de agosto de 2023 22:00

    Minha rosa do deserto não dá flor.a vários mês.

Comments are closed.