Tagetes erecta: o popular cravo-de-defunto, conhecido por suas flores vistosas e coloridas

Escrito por:
Tagetes erecta: o popular cravo-de-defunto, conhecido por suas flores vistosas e coloridas

O cravo-de-defunto (Tagetes erecta) é uma planta herbácea, originária do México, que pertence à família das asteráceas. É muito cultivada como ornamental, por suas flores vistosas e coloridas, que variam do amarelo ao vermelho, passando pelo laranja e o marrom.

Anúncios

Além de embelezar os jardins, o cravo-de-defunto também tem propriedades medicinais e culinárias. Neste artigo, você vai conhecer mais sobre a origem, as características, os nomes populares e um guia detalhado com dicas para o cultivo.

Origem e história do cravo-de-defunto

O cravo-de-defunto é nativo do México, onde é muito importante na decoração do “Dia dos Mortos”, uma festa muito popular, que celebra a memória dos ancestrais. Por isso, ele também é chamado de “flor-dos-mortos” ou “cempasúchil” (que significa “flor de vinte pétalas” em náhuatl, a língua dos astecas).

Anúncios

Os astecas já usavam o cravo-de-defunto para fins medicinais e religiosos, pois acreditavam que a planta tinha poderes mágicos e curativos. Hoje em dia, ele é cultivado em diversos países, principalmente na África e na Ásia, onde é usado como fonte de luteína, um pigmento amarelo que tem benefícios para a saúde dos olhos e da pele.

Características notáveis

O cravo-de-defunto é uma planta que pode atingir de 50 a 100 cm de altura, com caule ereto e ramificado. Suas folhas são compostas, opostas, lanceoladas e dentadas, de cor verde-escura e com aroma característico.

cravo de defunto tagetes erecta 1

Possui flores solitárias ou em capítulos, com formato de pompom ou anêmona, e com cores que vão do amarelo-claro ao vermelho-escuro. Elas geralmente florescem durante todo o ano em regiões quentes, mas principalmente no verão.

Anúncios

Guia prático de cultivo do cravo-de-defunto

O cravo-de-defunto pode ser cultivado em vasos, canteiros, bordaduras ou maciços, formando belos contrastes com outras plantas.

cravo-de-defunto
Imagem: learnaboutflora

Ele também é útil como planta companheira, pois repele pragas como pulgões, nematóides e moscas-brancas, e atrai insetos polinizadores como abelhas e borboletas.

Iluminação e rega

O cravo-de-defunto é uma planta fácil de cultivar e que se adapta bem a diferentes condições climáticas. Ele prefere locais com sol pleno ou meia-sombra, solo fértil, bem drenado e enriquecido com matéria orgânica. A rega deve ser regular, mantendo o solo úmido, mas sem encharcar.

Anúncios

Propagação

Ele pode ser propagado por sementes ou por estaquia. As sementes podem ser semeadas diretamente no local definitivo ou em sementeiras. A germinação ocorre em cerca de uma semana. As mudas devem ser transplantadas quando tiverem quatro folhas verdadeiras.

Anúncios

A estaquia pode ser feita cortando-se ramos semi-lenhosos com cerca de 15 cm de comprimento e retirando-se as folhas inferiores. Os ramos devem ser plantados em substrato úmido e mantidos em local protegido até enraizarem.

Publicidade relacionada

Veja Também