Asplênio Osaka: a samambaia crespa que encanta pela beleza e pela facilidade de cultivo

Escrito por:
Asplênio Osaka: a samambaia crespa que encanta pela beleza e pela facilidade de cultivo

O Asplênio Osaka, conhecido cientificamente como Asplenium nidus ‘Osaka’, é uma samambaia de folhagem luxuriante e textura singular, que tem ganhado popularidade entre os amantes de mundo verde.

Anúncios

Ela é originária da Ásia, e se adapta bem a ambientes internos, desde que receba luz indireta e umidade. Neste artigo, vamos conhecer mais sobre essa planta, e aprender como cuidar dela em casa.
Imagem: encantaplantas

Características notáveis

O Asplênio Osaka, também conhecido como Asplenium nidus ‘Osaka’ ou Asplênio crespo, é uma planta herbácea, perene e epífita, que pertence à família das Aspleniaceae, a mesma das avencas e dos xaxins.

Asplênio Osaka
Imagem: claudiacrespopsi

Ela é uma variedade do Asplênio ninho-de-passarinho, que se diferencia pelo formato e pela textura das suas folhas, que são mais onduladas e mais grossas. Essas folhas podem medir até 60 cm de comprimento, e possuem uma nervura central proeminente, que lembra uma espinha de peixe.

Anúncios

Esporos reprodutivos

O Asplênio Osaka produz esporos, que são estruturas reprodutivas que se formam na parte inferior das folhas, e que podem gerar novas plantas se encontrarem condições favoráveis. Esses esporos são pouco visíveis, e não interferem na beleza da planta.

O que chama mais a atenção são as folhas, que têm uma cor verde intensa e um aspecto lustroso, que contrastam com o vaso ou o suporte onde a planta é cultivada.

Como Cultivar o Asplênio Osaka

Para garantir o sucesso no cultivo do Asplênio Osaka, é essencial simular, tanto quanto possível, seu ambiente natural.

Asplênio Osaka
Imagem: donaflorkokedama_nf

A atenção aos detalhes como umidade, luz e solo contribuirá significativamente para o florescimento dessa samambaia ornamental.

Escolha do substrato e regas

Para um correto crescimento e desenvolvimento, é imprescindível o uso de um substrato bem drenado, rico em matéria orgânica, que retenha a umidade sem encharcar, simulando o ambiente de seu habitat natural.

Anúncios

Quanto a rega, é importante manter o substrato consistentemente úmido, mas não encharcado. A frequência de rega dependerá das condições de umidade do ambiente, mas é crucial evitar o ressecamento completo do substrato.

Exposição a sol

Essa variedade de samambaia prospera sob luz indireta brilhante ou sombra parcial. Para que não ocorram mancharam em suas folhas, evite a exposição direta ao sol, já que ele pode queimar elas.

Anúncios

Adubação e poda

Faça a fertilização do substrato com a aplicação de um adubo balanceado de liberação lenta no início da primavera, para incentivar um crescimento saudável ao longo do ano.

A poda não é frequentemente necessária, mas remover folhas velhas ou danificadas pode incentivar novos crescimentos e manter a planta com aparência saudável.

Publicidade relacionada

Veja Também