Peixinho (Nematanthus gregarius): a pequena joia presente em jardins.

Escrito por:

Se há uma planta que conquistou o coração dos amantes de jardinagem, é o Peixinho (Nematanthus gregarius). Suas características únicas e a facilidade de cultivo tornam-no um tesouro para qualquer jardineiro, que pode trazer mais vida e cor para o seu jardim ou varanda.

Anúncios

Neste post, vamos te contar tudo sobre essa planta, desde as suas características até as curiosidades sobre o seu nome e origem. Confira!

Características do peixinho

O Peixinho, também conhecido como “Goldfish Plant”, pertence à família das Gesneriaceae, a mesma das violetas e dos gloxínias. Ela é nativa do Brasil, mais especificamente da Mata Atlântica, e pode ser encontrada em regiões de clima tropical e subtropical.

peixinho

Se destaca por suas flores vermelhas, que possuem um formato que lembra o de um pequeno peixe, que podem aparecer durante todo o ano, mas são mais abundantes na primavera e no verão.

Anúncios

Curiosidades do nome científico

A planta peixinho tem um nome científico curioso: Nematanthus gregarius. O primeiro termo vem do grego nematos, que significa “fio”, e anthos, que significa “flor”. Isso se refere ao formato tubular das suas flores.

Anúncios

O segundo termo vem do latim gregarius, que significa “gregário” ou “social”. Isso se refere ao hábito da planta de crescer em grupos ou colônias.

Como cultivar?

A pequena Nematanthus gregarius uma ótima opção para quem quer ter uma flor bonita e fácil de cuidar em casa. Ela não exige muitos cuidados, mas é importante seguir algumas dicas para garantir o seu desenvolvimento saudável.

Local de cultivo

A planta peixinho é uma planta ornamental, que pode ser usada para decorar ambientes internos e externos.

peixinho

Ela fica muito bem em vasos suspensos, cestas, canteiros com flores ou treliças, criando um efeito cascata com as suas folhas e flores pendentes.

Anúncios

Exposição ao sol

Encontre um cantinho onde ele possa receber a luz indireta do sol, evitando que fique exposta aos raios solares durante a maior parte do dia, já que a luz direta do sol pode queimar as suas folhas e flores.

Substrato

Ao ser cultivado, o peixinho prefere um solo bem drenado, leve e rico em matéria orgânica. Você pode usar um substrato próprio para plantas suculentas ou misturar areia, casca de pinus e húmus de minhoca na proporção de 2:1:1.

Anúncios

Também é recomendável colocar uma camada de pedrinhas ou argila expandida no fundo do vaso para facilitar a drenagem.

Rega

Como a variedade armazena água em suas folhas e caules, é importante regá-la apenas quando o solo estiver seco ao toque, evitando encharcar ou deixar a terra muito úmida. Uma boa dica é usar um borrifador para umedecer as folhas e as flores, mas sem molhar demais.

Adubação

Ela não precisa de muita adubação, mas você pode aplicar um fertilizante líquido diluído na água da rega uma vez por mês durante a época de floração. Escolha um produto específico para plantas floríferas e siga as instruções do fabricante.

Anúncios

Poda

A realização de podas não precisa ser frequente, mas você pode remover as folhas e as flores secas ou danificadas para manter a sua aparência bonita e saudável. Também é possível fazer uma poda de limpeza no final do inverno para estimular o crescimento de novos ramos e flores na primavera.

Veja Também