Planta comigo-ninguém-pode: é fácil de cuidar e ainda purifica o ar.

Escrito por:

Entre as folhagens presentes nos ambientes internos, poucas carregam um nome tão emblemático quanto a planta Comigo-Ninguém-Pode (Dieffenbachia seguine).

Anúncios

É uma folhagem bela, capaz de complementar qualquer ambiente, que esconde uma natureza tóxica para aqueles que não conhecem seus segredos de cultivo.

Conhecendo a planta comigo-ninguém-pode

O encanto pela planta Comigo-Ninguém-Pode começa por suas folhagens grandes, com variações que variam por padrões de verde escuro e manchas brancas ou amarelas, como se cada folha fosse uma tela natural pintada à mão.

planta comigo-ninguem-pode
Imagem: floriculturadaisy

Originária das florestas tropicais da América Central e do Sul, a Dieffenbachia segueine traz consigo toda sua exuberância para dentro de casas e escritórios.

Anúncios

Purificadora do ar

A planta comigo-ninguém-pode é conhecida por sua ação purificadora de ar. Ela ajuda a remover toxinas do ar, como o formaldeído, o benzeno e o tricloroetileno. Essas toxinas podem causar problemas de saúde, como alergias, asma e problemas respiratórios.

Toxicidade

Embora a planta comigo-ninguém-pode possa purificar o ar, sua toxidade pede que ela seja mantida longe do alcance de crianças e animais de estimação.

Anúncios

Como cultivar?

Além de linda, a planta é muito resistente e é fácil de cuidar, podendo ser cultivada até mesmo para jardineiros iniciantes que não possuem muita experiência. Ela “vai bem” em ambientes internos ou externos e para que possa se manter sempre bela devem ser seguidos alguns cuidados.

1- Exposição a luz

As condições de cultivo são cruciais: esta planta prefere ambientes bem iluminados, mas longe dos raios diretos do sol, que podem queimar suas folhas expressivas.

2- Rega

Cuidado com possíveis exageros! a planta comigo-ninguem-pode requer regas moderadas, devendo ser realizada somente quando a terra ao redor da planta já estiver ligeiramente seco.

Anúncios

O abuso de regas excessivas poderá causar o apodrecimento de suas raízes. Uma dica, é além da observação visual da umidade do solo, também faça uma verificação da umidade com a ponta do dedo. Se sentir ele seco, chegou a hora de regar.

3- Substrato

O substrato, por sua vez, deve ser rico em nutrientes e bem drenado. Um substrato recomendado é a mistura de 2 partes de terra vegetal, 1 parte de areia grossa e 1 parte de composto orgânico.

Essa mistura irá fornecer à planta os nutrientes necessários para o seu crescimento, além de garantir que o excesso de água seja drenado, evitando o apodrecimento das raízes.

Anúncios

Problemas comuns

Geralmente, o problema mais comum de aparecer na folhagem é causado pelo excesso de regas ou infestação por pragas ou doenças, que causam folhas amareladas.

As folhas amareladas podem sinalizar uma necessidade de redução na rega, enquanto manchas podem ser um indício de praga ou doença, pedindo uma inspeção mais detalhada e um tratamento cuidadoso.

Publicidade relacionada

Veja Também