Orquídea Pipoca (Ludisia): como cuidar da espécie com flores que lembram uma pipoca?

Escrito por:
Orquídea Pipoca (Ludisia): como cuidar da espécie com flores que lembram uma pipoca?

A orquídea pipoca é uma espécie terrestre, que pertence ao gênero Ludisia, e que se destaca por suas folhas ornamentais e suas flores delicadas.

Anúncios

Ela é originária do sudeste asiático, onde cresce em florestas úmidas e sombreadas. Seu nome popular vem do fato de que suas flores são pequenas e brancas, lembrando pipocas estouradas.
Imagem: plantiplant

Como cuidar da orquídea pipoca?

A orquídea pipoca é uma planta fácil de cuidar em casa, desde que se respeitem suas necessidades.

1- Substrato

Ela é uma orquídea terrestre, ou seja, que se desenvolve no solo, e não em troncos de árvores como outras espécies.

Anúncios

Por isso, ela precisa de um substrato rico em matéria orgânica e que seja bem drenado. Uma mistura de terra vegetal, casca de pinus e carvão vegetal pode ser uma boa opção.

2- Iluminação

A orquídea pipoca também gosta de ambientes com luz indireta, mas não tolera sol direto. O ideal é colocá-la em um local com sombra parcial, onde receba luz de forma indireta.

orquidea pipoca
Imagem: yuak.nakagawa

A temperatura ideal para essa planta é entre 15 e 25 graus Celsius, mas ela pode suportar variações entre 10 e 30 graus.

3- Rega

A rega da orquídea pipoca deve ser feita sempre que o substrato estiver seco ao toque, mas sem encharcar. Uma forma de verificar a umidade é espetar um palito de madeira no vaso e observar se ele sai úmido ou seco.

Anúncios

A frequência da rega vai depender do clima e da estação do ano, mas geralmente é suficiente regar uma ou duas vezes por semana.

4- Adubação

A adubação da orquídea pipoca deve ser feita a cada 15 dias, durante o período de crescimento e floração da planta. Você pode usar um adubo específico para orquídeas, seguindo as instruções do fabricante, ou optar por um adubo orgânico, como torta de mamona ou farinha de osso.

Veja Também