Como cultivar a bela planta Lágrima-de-Cristo (Clerodendrum thomsoniae) em casa?

Escrito por:
Como cultivar a bela planta Lágrima-de-Cristo (Clerodendrum thomsoniae) em casa?

A planta Lágrima-de-Cristo (Clerodendrum thomsoniae) é uma trepadeira originária da África Ocidental, que se destaca por suas flores brancas e vermelhas, que lembram lágrimas caindo.

Anúncios

Ela é uma planta ornamental, que pode ser usada para decorar janelas, muros, pergolados e outros suportes. Neste artigo, vamos aprender sobre a origem, as características, a época de floração e um guia detalhado para o cultivo da Lágrima-de-Cristo.
Imagem: revistajardin

Origem da Lágrima-de-Cristo

A Lágrima-de-Cristo é uma planta da família Verbenaceae, que possui mais de 400 espécies de arbustos, árvores e trepadeiras. O nome científico Clerodendrum thomsoniae foi dado em homenagem ao médico e missionário William Cooper Thomson.

Anúncios

Já seu nome popular Lágrima-de-Cristo foi inspirado na forma e na cor das flores, que parecem gotas de sangue escorrendo de um cálice branco.

Características

As flores da Lágrima-de-Cristo são formadas por quatro cálices brancos em forma de coração, que envolvem uma corola vermelha com quatro pétalas e longos estames. As cores podem variar entre rosa, laranja e azul, dependendo da variedade.

planta lagrima-de-cristo
Imagem: shiro_hana_batake

As flores nascem em cachos pendentes, que contrastam com as folhas verdes e ovais da planta. A floração ocorre principalmente na primavera e no verão, atraindo abelhas, borboletas e pássaros.

planta lagrima-de-cristo
Imagem: tinegarden

A Lágrima-de-Cristo é uma planta semi-lenhosa, ou seja, tem caules rígidos, mas não tão duros quanto a madeira. Ela pode atingir até 3,5 metros de altura, se tiver um suporte adequado para se enroscar. Ela é uma planta perene, que mantém suas folhas durante todo o ano, exceto em regiões muito frias, onde pode perder parte da folhagem no inverno.

Anúncios

Guia para o cultivo da Lágrima-de-Cristo

Substrato

A Lágrima-de-Cristo gosta de um solo fértil, rico em matéria orgânica, bem drenado e levemente ácido. Você pode usar uma mistura de terra vegetal, areia e húmus de minhoca na proporção de 2:1:1. Também é recomendável adicionar farinha de osso para fornecer cálcio à planta.

Anúncios

Luz

planta lagrima de cristo
Imagem: an_italian_in_hort

A Lágrima-de-Cristo precisa de bastante luz para florescer bem, mas não tolera sol direto nas horas mais quentes do dia. O ideal é plantá-la em um local que receba sol pela manhã ou no final da tarde, ou meia sombra com luz filtrada.

Anúncios

Rega

A Lágrima-de-Cristo gosta de umidade, mas não de encharcamento. Regue a planta sempre que o substrato estiver seco na superfície, mas sem deixar água acumulada no prato. No verão, regue com mais frequência do que no inverno. Você também pode borrifar água nas folhas para aumentar a umidade do ar.

Adubação

A Lágrima-de-Cristo precisa de uma adubação regular para manter sua vitalidade e sua floração. Use um adubo líquido para plantas floríferas a cada 15 dias na primavera e no verão, seguindo as instruções do fabricante. No outono e no inverno, reduza a frequência para uma vez por mês.

Anúncios

Poda

A Lágrima-de-Cristo é uma planta que tende a se alastrar e a invadir outros espaços. Por isso, é importante fazer podas de contenção e de limpeza periodicamente. Corte os ramos que estiverem fora do lugar, as folhas e as flores secas e as partes doentes ou danificadas. A melhor época para podar é no final do inverno, antes da brotação.

Propagação

A Lágrima-de-Cristo pode ser propagada por sementes ou por estaquia. As sementes são pequenas e marrons, que se formam após a floração. Elas devem ser semeadas em um substrato úmido e mantidas em um local aquecido e iluminado. A germinação pode levar de 30 a 60 dias.

Anúncios

A estaquia consiste em cortar um ramo com cerca de 15 cm de comprimento, retirar as folhas inferiores e plantar em um substrato semelhante ao da planta mãe. Mantenha o substrato úmido e o vaso em um local protegido até que as raízes se formem.

Pragas e doenças

A Lágrima-de-Cristo uma planta resistente, mas pode ser atacada por pragas como ácaros, moscas-brancas, cochonilhas e pulgões. Esses insetos sugam a seiva da planta e podem causar deformações, manchas, queda de folhas e flores e até a morte da planta. Para combatê-los, você pode usar inseticidas naturais, como óleo de neem, sabão de coco ou calda de fumo, ou produtos químicos específicos para cada praga.

Anúncios

As doenças mais comuns na Lágrima-de-Cristo são causadas por fungos, que se aproveitam do excesso de umidade. Elas podem provocar manchas, mofos, ferrugens e podridões na planta. Para preveni-las, evite molhar as folhas e as flores na hora da rega e mantenha uma boa circulação de ar no ambiente. Para tratá-las, você pode usar inseticidas naturais, como bicarbonato de sódio, vinagre ou alho, ou produtos químicos adequados para cada doença.

Publicidade relacionada

Veja Também