Fibra de côco para plantas: o que é, para que serve e quais são os benefícios

Escrito por:

Você já conhece a fibra de côco para plantas? Ela pode ser usada como um substrato para o cultivo de plantas, sendo uma alternativa mais ecológica, econômica e eficiente para quem quer ter um jardim bonito e saudável.

Anúncios

Neste artigo, vamos explicar o que é a fibra de côco, para que serve, qual é a sua função e quais são os benefícios de usá-la nas suas plantas. Confira!

O que é a fibra de côco?

A fibra de côco é um material orgânico que é extraído da casca do côco. Ela é composta por celulose, lignina e pectina, que são substâncias que dão resistência e flexibilidade ao material.

fibra de coco para plantas 1

Ela pode ser encontrada em diferentes formas, como mantas, placas, cordas, vasos ou granulada.

Para que serve a fibra de côco?

A fibra de côco serve como um substrato para o cultivo de plantas, ou seja, um meio onde as raízes das plantas podem se desenvolver e absorver água e nutrientes.

Anúncios

Ela pode ser usada pura ou misturada com outros substratos, como terra, areia, casca de arroz ou vermiculita.

Qual é a função da fibra de côco para plantas?

A função da fibra de côco é proporcionar um ambiente adequado para o crescimento das plantas, oferecendo as seguintes vantagens:

Retenção de água: a fibra tem uma alta capacidade de reter água, mantendo a umidade ideal para as raízes das plantas. Isso reduz a necessidade de regas frequentes e evita o desperdício de água.

Aeração: com sua ótima porosidade, ela permite a circulação de ar no substrato. Isso favorece a oxigenação das raízes e previne o apodrecimento ou o sufocamento das plantas.

Anúncios

Drenagem: devido a sua ótima drenagem, ela ajuda a evitar o acúmulo de água no fundo dos vasos ou recipientes. Isso impede a proliferação de fungos, bactérias ou insetos que podem prejudicar as plantas.

Nutrição: a fibra de côco tem uma baixa concentração de sais minerais, o que permite que as plantas absorvam os nutrientes necessários sem interferências. Além disso, a fibra de côco tem um pH neutro ou levemente ácido, o que é ideal para a maioria das espécies vegetais.

Quais são os benefícios da fibra de côco para plantas?

Além das vantagens já citadas, a fibra de côco também traz benefícios para o meio ambiente e para o seu bolso.

É sustentável e econômica

A fibra de côco é um produto natural e renovável, que aproveita um resíduo da indústria do côco que seria descartado. Ao usa-la em suas plantas, você está contribuindo para a redução do lixo e para a preservação dos recursos naturais.

Anúncios

Além disso, ela tem um custo acessível e pode ser encontrada facilmente em lojas de jardinagem ou pela internet. E, como ela reduz a frequência das regas e dos adubos, você também economiza na manutenção das suas plantas.

Como usar a fibra de coco para plantas?

1- Escolha a fibra

Escolha a fibra de côco adequada para o tipo de planta que você quer cultivar. Existem diferentes granulometrias da fibra, que variam de fina a grossa, e que influenciam na retenção de água e na porosidade do substrato.

Anúncios

Em geral, plantas que gostam de mais umidade, como as orquídeas e as bromélias, se adaptam melhor à fibra fina, enquanto plantas que preferem solos mais secos, como os cactos e as suculentas, se beneficiam da fibra grossa.

2- Prepare a fibra

Prepare a fibra de côco antes de usá-la. Se ela estiver muito seca, hidrate-a em água por algumas horas, até que fique macia e flexível. Se ela estiver muito salgada, lave-a em água corrente várias vezes, até que a água saia limpa. Isso é importante para evitar que o sal prejudique as plantas.

Anúncios

Se for necessário, misture a fibra de côco com outros materiais, como terra, areia, casca de pinus, vermiculita, perlita, etc. Em geral, recomenda-se usar entre 30% e 50% de fibra de côco na mistura.

3- Transplante suas plantas para o novo substrato

Com o novo substrato em mãos, retire as plantas dos vasos antigos com cuidado, removendo o excesso de terra das raízes. Coloque uma camada de pedriscos ou argila expandida no fundo do novo vaso, para facilitar a drenagem.

Anúncios

Adicione uma camada de substrato com fibra de côco e acomode a planta no centro do vaso. Complete com mais substrato até cobrir as raízes e pressione levemente para firmar. Regue bem após o transplante.

4- Use a fibra de côco como cobertura

Além de servir como substrato, a fibra de côco também pode ser usada como cobertura ou mulching para as suas plantas. Basta espalhar uma camada de fibra sobre o solo dos vasos ou dos canteiros, sem cobrir o caule das plantas.

Isso ajuda a manter a umidade do solo, a evitar o ressecamento e as rachaduras causadas pelo sol, a controlar as ervas daninhas e a prevenir pragas e doenças.

Publicidade relacionada

Veja Também