Orquídeas phalaenopsis: como cuidar da popular orquídea borboleta?

Escrito por:
Orquídeas phalaenopsis: como cuidar da popular orquídea borboleta?

As orquídeas Phalaenopsis, também conhecidas como “orquídeas borboleta”, são uma das espécies mais populares e apreciadas pelos amantes de plantas. Elas se destacam pela beleza e variedade de suas flores, que podem durar por meses se bem cuidadas.

Anúncios

Elas se adaptaram bem a diferentes ambientes, tornando-se uma escolha popular para amantes de plantas ao redor do mundo. Seu cultivo, embora possa parecer complicado, pode ser surpreendentemente simples, seguindo algumas dicas essenciais.

Origem e significado das orquídeas phalaenopsis

As orquídeas phalaenopsis são originárias da Ásia, especialmente da China, Filipinas e Indonésia. Elas pertencem à família Orchidaceae, que possui mais de 20 mil espécies de orquídeas no mundo. O nome phalaenopsis vem do grego e significa “semelhante a uma mariposa”, pois suas flores lembram as asas desses insetos.

Anúncios

Características da “orquídea borboleta”

São epífitas

As conhecidas orquídeas borboletas são plantas epífitas, ou seja, que vivem sobre outras plantas, sem parasitá-las.

orquideas phalaenopsis

Elas se fixam nos troncos e galhos das árvores, onde absorvem a umidade e os nutrientes do ar e da chuva. Por isso, elas não precisam de terra para crescer, mas sim de um substrato que imite as condições naturais.

Anúncios

Hastes, folhas e flores

A Phalaenopsis apresenta longas hastes florais arqueadas, adornadas com flores que variam em tons de branco, rosa, roxo e até padrões multicoloridos. Suas folhas são largas, carnudas e de um verde brilhante, formando uma roseta elegante na base da planta.

orquideas phalaenopsis 2

O charme destas orquídeas não está apenas em suas flores espetaculares, mas também em sua capacidade de florir durante todo o ano, com cada floração podendo durar vários meses.

Anúncios

Dicas para o cultivo

O cultivo das orquídeas phalaenopsis não é difícil, mas requer alguns cuidados especiais. Para manter elas saudáveis e desenvolvendo suas belas flores, é necessários apenas alguns cuidados básicos.

1- Substrato

Elas devem ser cultivadas em um substrato que proporcione boa drenagem e aeração para as raízes. Você pode usar casca de pinus, fibra de coco, carvão vegetal ou uma mistura desses materiais.

Evite usar terra comum ou adubos orgânicos, pois podem reter muita umidade e prejudicar a planta. O substrato deve ser trocado a cada dois anos ou quando estiver muito deteriorado.

2- Exposição a luz

Prefira um local com luz indireta e suave ao realizar o seu cultivo. As orquídeas phalaenopsis gostam de luz indireta, ou seja, não devem receber sol direto nas folhas ou nas flores. Se expostas a luz direta sol, ela pode queimar suas folhas, enquanto a falta de luz pode impedir a floração.

Anúncios

Uma dica é observar a cor das folhas: se estiverem muito escuras, significa que a planta está recebendo pouca luz; se estiverem muito claras ou amareladas, significa que a planta está recebendo luz demais.

3- Rega

As orquídeas phalaenopsis devem ser regadas com moderação, pois não toleram o encharcamento. Regue apenas uma vez na semana, permitindo que o substrato seque ligeiramente entre as regas.

O excesso de água pode causar o apodrecimento das raízes e das folhas, além de favorecer o surgimento de fungos e bactérias. Uma forma de saber se a planta precisa de água é observar as raízes: se estiverem prateadas, significa que estão secas; se estiverem verdes, significa que estão úmidas.

4- Adubação

Durante a estação de crescimento, adube a orquídea a cada duas semanas. Você pode usar adubos específicos para orquídeas, seguindo as instruções do fabricante.

Anúncios

Uma dica é adubar a planta uma vez por mês na primavera e no verão, quando ela está mais ativa, e reduzir a frequência no outono e no inverno, quando ela está mais em repouso. Evite adubar a orquídea quando ela estiver com flores, pois pode queimar as flores.

O que fazer se a orquídea phalaenopsis não florir?

Se sua orquídea Phalaenopsis não está florindo, experimente mudá-la para um local com ligeiras variações de temperatura, especialmente durante a noite. Isso pode simular as condições naturais que incentivam a planta a florir.

A paciência é essencial, pois as orquídeas podem levar tempo para se adaptar a um novo ambiente e começar a florir.

Anúncios

Pragas e doenças

Pragas e doenças: as orquídeas phalaenopsis podem ser atacadas por pragas e doenças, como cochonilhas, pulgões, ácaros, fungos e bactérias. Para prevenir esses problemas, mantenha a orquídea limpa, arejada e bem nutrida.

Publicidade relacionada

Veja Também

2 Comentários

  • Trackback: Orquídea sapatinho: 4 dicas para ter em casa.
  • Natalina Conceição de Araújo 3 de janeiro de 2023 10:03

    Sou apaixonada por orquídea minha flor predileta tanto gosto de ganhar como tbm gosto de presentear tenho uma wue tem 2 anos que eu ganhei , mas tive um problema seri quando as flores cairam e o galho secou ru cortei fiz errado

Comments are closed.