Se encante pelos principais tipos de maranta e saiba como cultivar em casa.

Escrito por:

Também chamadas de “plantas-calathea”, os tipos de maranta pertencem à família Marantaceae e incluem uma série de espécies notáveis. Elas são conhecidas por suas folhas coloridas e variadas, que se movem ao longo do dia, como se estivessem rezando.

Anúncios

Neste artigo, vamos conhecer as principais espécies de maranta e dar algumas dicas para cultivá-las em casa.

Principais tipos de maranta

As marantas são plantas herbáceas, que podem crescer até 30 cm de altura. Elas se propagam por rizomas, que são caules subterrâneos que emitem raízes e brotos.

tipos de marantas 1
Imagem: nathmezzalira

As folhas das marantas são o seu maior atrativo, pois apresentam formas, cores e padrões variados, que podem mudar de acordo com a luz e a temperatura.

Anúncios

Maranta leuconeura

Também chamada de maranta-tricolor ou maranta-pavão, é uma das mais cultivadas em vasos.

tipos de maranta

Suas folhas são verdes escuras, com manchas rosadas e nervuras brancas. À noite, elas se dobram para cima, como se estivessem orando.

Maranta arundinacea

tipos de maranta
Imagem: plantropicalnew

Também conhecida como araruta ou arrowroot, é uma espécie que produz um amido comestível, usado na culinária e na indústria. Suas folhas são verdes claras, com manchas escuras e nervuras brancas.

Anúncios

Maranta bicolor

tipos de marantas 3
Imagem: ooljee_works

Também chamada de maranta-pena-de-pavão ou maranta-maculada, é uma espécie que tem folhas verdes com manchas brancas e vermelhas. Ela é muito ornamental e pode ser usada como forração ou pendente.

Maranta kerchoveana

tipos de maranta
Imagem: yordan_avd

Também conhecida como maranta-rabo-de-macaco ou maranta-verde-e-branca, é uma espécie que tem folhas verdes com manchas brancas e nervuras rosadas. Ela é muito resistente e pode ser cultivada em ambientes internos ou externos.

Anúncios

Como cultivar maranta?

Todos os tipos de maranta são plantas de fácil cultivo, mas exigem alguns cuidados para se desenvolverem bem.

Luz

De um modo geral, as marantas preferem locais bem iluminados, mas sem luz solar direta, pois o sol direto pode queimar suas folhas. Evite também locais muito escuros, pois isso pode afetar a coloração das folhas.

Anúncios

Rega

Mantenha o substrato levemente úmido, mas evite o encharcamento. Regue-as sempre que o substrato estiver seco na superfície, mas sem deixar água acumulada no prato. Use água à temperatura ambiente e evite molhar as folhas.

Substrato

Os tipos de maranta se adaptam a diversos tipos de substrato, mas preferem os que são ricos em matéria orgânica e bem drenados. Você pode usar uma mistura de terra vegetal, areia e húmus de minhoca, por exemplo.

Anúncios

Adubação

Elas não são muito exigentes em nutrientes, mas se beneficiam de uma adubação orgânica a cada dois meses. Você pode usar torta de mamona, farinha de ossos ou húmus de minhoca, por exemplo.

Pragas e doenças

Geralmente as marantas são plantas resistentes, mas podem ser atacadas por pragas como cochonilhas, pulgões e ácaros. Para combatê-las, você pode usar inseticidas naturais como óleo de neem ou sabão de coco.

Anúncios

As doenças mais comuns nas marantas são causadas por fungos, que podem provocar manchas nas folhas ou apodrecimento das raízes. Para preveni-las, evite molhar as folhas e mantenha o solo bem drenado.

Veja Também