Orelha-de-gato: a suculenta que encanta pela beleza e facilidade de cultivo

Escrito por:
Orelha-de-gato: a suculenta que encanta pela beleza e facilidade de cultivo

Se você gosta de plantas suculentas, provavelmente já se encantou com a orelha-de-gato (Kalanchoe tomentosa), uma espécie originária da África do Sul que tem folhas macias e peludas, que lembram as orelhas de um gato.

Anúncios

Chamando a atenção por sua aparência única e aveludada, é um espetáculo visual, além de ser muito fácil de cultivar e se adapta bem a ambientes internos e externos, desde que receba luz solar suficiente.
Imagem: candice_plants

Características da suculenta orelha-de-gato

Originária de Madagascar, a suculenta Orelha-de-gato se destaca em qualquer coleção de plantas devido às suas folhas macias, cobertas por uma pelugem fina, lembrando a textura de uma orelha de um gato. Ela pertence à família das Crassulaceae, que reúne mais de 100 variedades de kalanchoe.

suculenta orelha de gato 1
Imagem: ilknurerelincicekleri

Suas folhas são largas e espessas, adaptadas para armazenar água, um traço típico das suculentas que lhes permite prosperar em climas secos e áridos. Com uma cor verde-acinzentada e frequentemente adornadas com pontas marrons ou roxas, estas folhas conferem um charme peculiar à planta.

Anúncios

Como cultivar?

Se você quer ter uma orelha-de-gato em casa, saiba que ela é uma planta de fácil cultivo, que se adapta bem a ambientes internos ou externos.

1- Vaso

Opte pela escolha de um vaso com furos de drenagem para evitar acúmulo de água, que pode levar ao apodrecimento das raízes.

Anúncios

2- Substrato

Faça o uso de um substrato bem drenável e enriquecido com matéria orgânica, próprio para suculentas e cactos. Você pode misturar areia, carvão triturado, perlita e casca de arroz carbonizada para fazer um solo ideal para ela.

3- Exposição a luz

A orelha-de-gato gosta prefere ser cultivada em um ambiente de luz solar indireta e intensa. Evite expô-la ao sol direto, pois isso pode causar queimaduras nas folhas.

suculenta orelha de gato 2
Imagem: suculentas_da_tati_

Escolha um local próximo a uma janela ou na varanda, onde ela receba pelo menos quatro horas de sol por dia. Se ela ficar muito tempo na sombra, suas folhas podem perder a coloração e o aspecto aveludado. Caso as folhas começarem a se esticar, indicando falta de luz, reposicione a planta em um local mais luminoso.

4- Rega

A rega deve ser esporádica, já que a suculenta orelha-de-gato armazena água em suas folhas e não tolera o encharcamento. A regra de ouro no cuidado com suculentas aplica-se aqui: menos é mais.

Anúncios

Antes de molhar a suculenta, certifique-se de que o substrato esteja completamente seco. Uma dica é usar um palito de madeira para verificar a umidade do solo. Se o palito sair limpo, é hora de regar. Se sair úmido ou sujo, espere mais um pouco.

5- Adubação

Durante a estação de crescimento (primavera e verão), você pode fertilizar sua planta com um fertilizante diluído, formulado para suculentas, para estimular um crescimento saudável.

Anúncios

Como fazer sua multiplicação?

Para multiplicar a sua orelha-de-gato, você pode usar as brotações laterais que surgem na base da planta.

Basta cortar uma muda com uma tesoura esterilizada e deixá-la secar por alguns dias. Depois, plante-a em um vaso com substrato novo e regue moderadamente até enraizar.

Publicidade relacionada

Veja Também