Planta fantasma (Graptopetalum paraguayense): 4 dicas para cultivar a suculenta.

Escrito por:
Planta fantasma (Graptopetalum paraguayense): 4 dicas para cultivar a suculenta.

Para a especialista no cultivo de suculentas, Lu (do Lindaflor Suculentas), a planta fantasma, popularmente conhecida como suculenta praguayense ou cacto fantasma, é uma das espécies de suculenta que não pode faltar na sua coleção, por ser bela, resistente e de fácil cultivo. Curioso, que recebem esse nome por conta da aparência fantasmagórica que suas folhas se desenvolvem ao liberar um pó fosco e branco.

Anúncios

Apesar do nome, a planta fantasma, de nome científico Graptopetalum paraguayense, é originária do México e se adapta muito bem em qualquer tipo de clima. No entanto, é recomendado cultivar a espécie em ambientes externos onde possa receber bastante luz direta do sol, ou dentro de casa em um ambiente bem iluminado.
Imagem: natura_naturans._

Características da planta fantasma

A planta fantasma se caracteriza por suas folhas em rosetas, com lâminas espatuladas, espessas e carnosas, que podem mudar de cor de acordo com a exposição direta a luz do sol que são submetidas.

plantas fantasma
Imagem: florineifrel

Quando são cultivadas em ambientes de sol pleno, por exemplo, suas folhas tendem a se desenvolver com uma coloração que varia entre o rosa e o amarelo. Logo, quando ficam em ambientes de meia-sombra, as folhas da suculenta podem ficar com um tom mais roxo e azul.

Anúncios

Como cultivar a planta fantasma?

1- Substrato recomendado

Um ponto importante para o correto desenvolvimento das folhas da suculenta fantasma, está no substrato utilizado em seu cultivo. O ideal, é que o solo seja rico em matéria orgânica e muito bem drenado.

planta fantasma
Imagem: kelly_reginak2

Como recomendação, o substrato pode ser preparado a partir da mistura de uma porção de areia, com turfa, adubo orgânico e misturas prontas para suculentas.

Anúncios

2- Exposição ao sol

Prefira fazer o cultivo da planta fantasma em um ambiente externo, onde seja bem iluminado e ela possa receber a luz direta do sol por longos períodos. Caso opte em cultivar em ambientes internos, cuide para que o local esteja próximo de uma janela bem iluminada, que consiga receber a luz direta do sol.

3- Frequência das regas

Assim como algumas espécies de cactos, a suculenta fantasma não precisa de regas frequentes ao ser cultivado.

Anúncios

Por isso, cuide para realizar pequenas regas apenas quando o substrato já estiver seco, com pouca água para não encharcar a suculenta e acabar causando sua podridão.

4- Adubação

Você pode estar aplicando algum tipo de adubo NPK equilibrado para suculentas logo no início da primavera, diluindo e aplicando na dose recomendada pelo fabricante.

Publicidade relacionada

Veja Também

1 Comentar

  • Mariangela Morais Teixeira 10 de agosto de 2023 23:53

    EU AMO SUCULENTAS E CACTOS E PARABÉNS POR SUAS BELÍSSIMAS SUCULENTAS. TENHO A PEPERONEA MAS ELA CAI MUITO AS FOLHAS VOU COLOCAR SUBSTRATO PARA NAO PERDÊ- LA.A COMPREI ESTA EM VASO COM PEDRA E AREIA TEREI DE TROCAR! AMEIIII SUAS NFORMAÇOES E QTO A SUCULENTAS FANTASMA ELA É TAO LINDA COM ESTE NOME,SOU FELIZ POIS AS FOLHAS DELAS TBÉM BROTAM FORMANDO OUTROS VASOS. AMEIII SUA EXPLICAÇÃO SOBRE CADA UMA DELAS SUAS SUCULENTAS ESTÃO BELÍSSIMAS . GRATIDÃO POR PASSAR PARA NÓS QUE AMAMOS TANTO AS SUCULENTAS AS VEZES POR FALTA DE UMA PALAVRA DE ALGUÉM AS PERDEMOS. MAS ESTA DE PARABÉNS POR TODAS ELAS BEM CUIDADAS E BELÍSSIMAS EXPLICAÇÕES.GRATIDÃO❤️ 🌻🌹😘👏👏👏👏👏

Comments are closed.