Como plantar orquídeas da forma correta: um guia prático.

Escrito por:

As orquídeas são flores encantadoras que podem embelezar qualquer ambiente com suas cores e formas variadas. Mas como plantar orquídeas da forma correta e garantir que elas cresçam saudáveis e bonitas?

Anúncios

Neste artigo, vamos te ensinar um passo a passo simples e eficaz para cultivar essas plantas maravilhosas, além de dar algumas dicas valiosas de cuidados e manutenção.

Como plantar orquídeas da forma correta.

Escolha a espécie de orquídea adequada para o seu clima e ambiente

Existem mais de 30 mil espécies de orquídeas no mundo, cada uma com suas características e necessidades específicas.

como plantar orquideas

Por isso, é importante escolher uma espécie que se adapte bem ao seu clima e ambiente, seja ele interno ou externo.

Anúncios

Orquídea chuva de ouro (Oncidium): tem flores amarelas que lembram pequenas gotas de ouro. Gosta de sol indireto e umidade moderada. Pode ser plantada em vasos ou em árvores.

Orquídea vanda teres: tem flores roxas que exalam um perfume suave. Gosta de sol direto e regas frequentes. Pode ser plantada em vasos suspensos ou em cestas de fibra.

Anúncios

Orquídea grapete (Dendrobium nobile): tem flores roxas que lembram cachos de uva. Gosta de sol fraco e regas moderadas. Pode ser plantada em vasos ou em troncos.

Escolha o tipo de vaso

As orquídeas não gostam de ficar encharcadas, por isso é essencial escolher um tipo de vaso e substrato que permitam uma boa drenagem da água. Os vasos mais indicados são os de cerâmica ou plástico, com furos no fundo e nas laterais.

Anúncios

Substrato adequado para plantar orquídeas

Casca de pinus: é um material leve, poroso e durável, que mantém a umidade sem apodrecer. Deve ser tratada antes do uso, fervendo em água por 15 minutos e deixando secar ao sol.

Carvão vegetal: é um material que ajuda a drenar o excesso de água e a evitar o acúmulo de sais minerais. Deve ser quebrado em pedaços pequenos e misturado com a casca de pinus.

Anúncios

Musgo sphagnum: é um material que retém bastante umidade, ideal para orquídeas que gostam de solo úmido. Deve ser usado com moderação e misturado com a casca de pinus.

Inicie o plantio da orquídea selecionada

Para plantar a sua orquídea no vaso com o substrato, siga os seguintes passos:

  • Retire a orquídea do vaso antigo com cuidado, sem danificar as raízes.
  • Lave as raízes em água corrente, removendo o substrato antigo e as partes mortas ou doentes.
  • Coloque uma camada de carvão vegetal no fundo do vaso novo, para facilitar a drenagem.
  • Coloque uma camada de casca de pinus sobre o carvão, formando uma base para a orquídea.
  • Posicione a orquídea no centro do vaso, com as raízes bem distribuídas sobre o substrato.
  • Complete o vaso com mais casca de pinus, cobrindo as raízes até a base do pseudobulbo (a parte inchada da planta).
  • Pressione levemente o substrato para fixar a orquídea no vaso, sem compactá-lo demais.
  • Regue a orquídea com um borrifador, umedecendo bem o substrato.

Cuide diariamente da sua orquídea

Iluminação

De um modelo geral, a maioria das orquídeas gostam de luz indireta, sem incidência direta do sol. Escolha um local arejado e bem iluminado para colocar o seu vaso, como uma janela, uma varanda ou um jardim.

Anúncios

Rega

As orquídeas também não gostam de solo encharcado, por isso é preciso regá-las com moderação, apenas quando o substrato estiver seco. Use um borrifador ou uma regadora com bico fino, molhando o substrato e evitando as folhas e as flores. A frequência da rega depende do clima e da espécie da orquídea, mas em geral varia de uma a três vezes por semana.

Adubação

Elas precisam de nutrientes para se desenvolverem e florescerem, por isso é importante adubá-las regularmente. Use um adubo líquido específico para orquídeas, diluído em água conforme as instruções da embalagem. Aplique o adubo no substrato a cada 15 dias, alternando com a rega comum.

Anúncios

Poda

Por mais que as orquídeas não precisam de poda frequente, é possível fazer apenas quando as folhas ou as flores estiverem secas ou doentes. Use uma tesoura ou um alicate bem afiados e limpos, cortando a parte afetada na base. Depois da poda, aplique um fungicida ou um canela em pó sobre o corte, para evitar infecções.

Veja Também