Suculentas pilosas: tudo o que você precisa saber sobre essas peludinhas.

Escrito por:
Suculentas pilosas: tudo o que você precisa saber sobre essas peludinhas.

As suculentas pilosas são plantas que chamam a atenção por suas folhas cobertas de pelos, que lhes conferem um aspecto macio e aveludado.

Anúncios

Elas pertencem à família Crassulaceae, que reúne mais de 1.400 espécies de suculentas, e são conhecidas popularmente como orelhas-de-coelho, dedinhos-de-moça, dedos-de-pelúcia, entre outros nomes.
Imagem: josuculentascomamor

Origem e características das suculentas pilosas

As pilosas são suculentas originárias de regiões áridas e semiáridas da África, Ásia e América, onde se adaptaram às condições de escassez de água e sol intenso.

Anúncios

Os pelos que recobrem suas folhas funcionam como uma proteção contra a desidratação e a radiação solar, além de ajudar na polinização.

Variedades Comuns

suculentas pilosas 1
Imagem: quintaldasplantasesuculentas

Algumas das variedades mais comuns de suculentas pilosas incluem a Echeveria setosa, que possui folhas verdes com pelos brancos, a Kalanchoe tomentosa, conhecida como “pata-de-urso” devido aos pelos brancos em suas folhas, e a Senecio serpens, que apresenta folhas em forma de serpente com pelos brancos e prateados.

Anúncios

Como cultivar as suculentas pilosas?

As suculentas pilosas são ideais para quem gosta de jardinagem, mas não dispõe de muito tempo ou espaço para cuidar das plantas. Elas são fáceis de cultivar em ambientes internos, desde que recebam luz indireta e regas moderadas.

Escolha do vaso e substrato

Escolha um vaso com furos de drenagem e preencha-o com uma mistura de terra, areia e pedriscos, que favorece a aeração e evita o encharcamento das raízes. É importante que o substrato seja bem drenado e arenoso para crescerem saudáveis.

Anúncios

Rega

Regue as suculentas pilosas apenas quando o substrato estiver seco ao toque, evitando molhar as folhas. No inverno, reduza a frequência das regas, pois o excesso de umidade pode causar o apodrecimento das plantas.

Iluminação

suculentas pilosas 2
Imagem: suellen.carvalho.ribeiro

Prefira deixar o vaso com suas pilosas em um local bem iluminado, mas sem incidência direta de sol. A luz direta do sol poderá queimas suas folhas delicadas.

Adubação

A adubação poderá ser realizada com a aplicação de um fertilizante específico para suculentas, seguindo as instruções do fabricante. Cuide para que ela seja feita na primavera e no verão, que são as estações de crescimento das plantas.

Anúncios

Propagação

As suculentas pilosas são plantas fáceis de propagar, e existem três métodos principais para fazê-lo: por folhas, por estacas e por sementes.

Propagação por Folhas

A propagação por folhas é um dos métodos mais simples e populares para propagar suculentas pilosas. Para isso, basta retirar uma folha saudável da planta mãe, deixá-la secar por alguns dias e, em seguida, plantá-la em solo úmido.

Anúncios

É importante lembrar que a folha deve ser retirada com cuidado, de forma a não danificar a planta mãe. Além disso, é recomendado deixar a folha secar por alguns dias antes de plantá-la, para evitar que ela apodreça.

Propagação por Estacas

A propagação por estacas é outro método comum para propagar suculentas pilosas. Nesse método, é necessário cortar uma parte saudável da planta mãe, deixá-la secar por alguns dias e, em seguida, plantá-la em solo úmido.

Anúncios

Assim como na propagação por folhas, é importante tomar cuidado ao cortar a planta mãe para evitar danos. Além disso, é recomendado deixar a estaca secar por alguns dias antes de plantá-la, para evitar que ela apodreça.

Problemas Comuns

Pragas

Ela são geralmente resistentes a pragas, mas algumas vezes podem ser afetadas por insetos como cochonilhas e pulgões. Esses insetos se alimentam da seiva das plantas e podem causar danos consideráveis se não forem tratados rapidamente.

Anúncios

Para evitar infestações, é importante manter as plantas limpas e livres de poeira. Se for necessário, você pode usar um inseticida natural para controlar as pragas. Certifique-se de seguir as instruções do produto cuidadosamente e não aplicar em excesso.

Doenças

As suculentas pilosas são suscetíveis a algumas doenças fúngicas, como oídio e podridão das raízes. O oídio é uma doença que causa manchas brancas nas folhas e pode ser tratado com um fungicida. A podridão das raízes é causada por um excesso de água e pode levar à morte da planta. Para evitar essa doença, é importante não regar em excesso e garantir que o solo tenha uma boa drenagem.

Anúncios

Além disso, as suculentas pilosas podem desenvolver manchas marrons nas folhas se forem expostas a temperaturas muito baixas ou a luz solar intensa demais. Para evitar isso, é importante manter as plantas em um local com luz indireta e uma temperatura entre 18 e 25 graus Celsius.

Publicidade relacionada

Veja Também